PALS. Identificação e Tratamento de PCRs

May 4, 2017

 

Ao contrário dos adultos, a PCR em bebês e crianças não decorre, normalmente, de uma causa cardíaca primária (isto é, PCR súbita). Esse é, geralmente, o resultado final da insuficiência respiratória progressiva ou choque. Essa forma de PCR é denominada como hipóxica, por asfixia ou uma PCR hipóxica-isquêmica; o termo PCR hipóxia/por asfixia será usado nesta parte. Ocorre mais frequências em bebês e crianças mais novas, especialmente aquelas com doença de fundo. A insuficiência respiratória e o choque, geralmente, podem ser revertidos quando identificados e tratados cedo. Quando progridem para uma PCR, o panorama, em geral, é ruim.
 

A PCR súbita decorrente de arritmia ventricular ocorre em cerca de 5% a 15% de todos os casos de PCR pediátrica hospitalar e extra-hospitalar. Embora um ritmo chocável/desfibrilável (isto é, fibrilação ventricular (FV) ou taquicardia ventricular sem pulso (TV)) seja o ritmo de apresentação em apenas cerca de 14% das PCRs pediátricas no hospital, ele está presente em até 27% dessas PCRs em algum ponto durante a ressuscitação. A incidência de PCR decorrente de FV/TV sem pulso aumenta com a idade e deve constituir suspeita em qualquer paciente com colapso súbito. O aumento das evidências sugere que a morte súbita inesperada em pessoas jovens está associada a condições cardíacas de fundo.

INSCREVA-SE na próxima turma de PALS em nossa LOJA DE CURSOS.

 

_____VAGAS LIMITADAS_____

Apesar do melhor resultado na PCR em ambiente hospitalar, a maioria das crianças com PCR em ambiente hospitalar e uma porcentagem ainda maior das crianças com PCR em ambiente extra-hospitalar não sobrevivem ou ficam severamente incapacitadas. Como o resultado de uma PCR é tão ruim, a prevenção da PCR deve receber foco, com:

 

•    Prevenção dos processos de doenças e lesões que possam levar á PCR;
•    Identificação e tratamento precoce de desconforto respiratório, insuficiência respiratória e choque, antes que deteriorem para uma PCR.

 

Ao final desta parte, você deverá ser capaz de:

 

•    Identificar as duas vias clínicas que levam à insuficiência cardiopulmonar em crianças: insuficiência respiratória e choque
•    Tratar uma criança conforme descrito no Algoritmo de PCR em Pediatria
•    Identificar as duas vias clínicas que levam à PCR: hipóxia/asfixia e PCR súbita
•    Enumerar as possíveis causas reversíveis da PCR (Hs e Ts)
•    Reconhecer o valor da presença da família durante a ressuscitação
•    Descrever o impacto da presença da família sobre o desempenho da equipe
•    Discutir o encerramento dos esforços de ressuscitação e a morte

 

Durante o curso, você terá a oportunidade de praticar e testar suas habilidades de RCP. Seu desempenho também será testado em dois cenários de casos.

 

Texto retirado do livro PALS, Suporte Avançado em Pediatria para profissionais da saúde. American Heart Association. Edição em português de 2012. 

 ___________________________

 

PALS - TURMA ABERTAS

 ___________________________

 

Inscreva-se na próxima turma de PALS que será realizada em nossa Unidade de Ensino de Santo André. Consulte condições de pagamento em nossa loja de cursos. Nossas turmas são reduzidas, podem ser realizadas em grupos com mínimo de 8 alunos, assim você poderá tirar todas as dúvidas com nossos Instrutores. 

 

Junte-se aos mais de 15 mil médicos, enfermeiros e profissionais da saúde treinados pelo IPATRE.

Nós ensinamos, mas é você quem vai salvar vidas.

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts

LOJA DE CURSOS

IPATRE capacita Staff do Colégio ARBOS - Atendendo a Lei nº 13.722 (Lei Lucas)

April 9, 2019

1/3
Please reload

Últimos Posts

May 25, 2017

Please reload

  • White LinkedIn Icon
  • White Instagram Icon

© Copyright 2016 por Ipatre

Contato

Tels: 11 4902-1911 I 11 4423-1541

WhatsApp: 11 97691-4685

Email: contato@ipatre.com.br

Unidade de Ensino

Rua Marechal Hermes, 44

Bairro Jardim - Santo André

SP - CEP: 09090-230